Após mais de 10 anos, Barcelona e Real Madrid sem enfrentam sem a presença de Messi e CR7

la liga

Barcelona e Real Madrid se enfrentam neste domingo pela La Liga. O grande clássico espanhol, que foi marcado nas últimas temporadas pelo confronto entre os dois melhores do mundo, desta vez não terá nem Messi, nem Cristiano Ronaldo em campo. A última vez que isto aconteceu foi em 2007. Isso é motivo suficiente para o jogo perder o “glamour”?

Ambas as equipes vivem fase diferente no atual momento. O Barcelona lidera o Campeonato Espanhol e o seu grupo no Champions League. Ainda assim, em campo, o clube catalão não convence completamente seus torcedores. Lionel Messi como sempre vem sendo destaque da equipe e talvez o melhor jogador da temporada até aqui. Porém, uma lesão no braço, o afastou por quatro semanas, o que o tirou do clássico deste domingo. Um desfalque de peso.

Do outro lado, o Real Madrid vive uma crise que não conhecia há anos. O clube ainda não conseguiu se encontrar após a saída de Cristiano Ronaldo para a Juventus e de Zidane do comando da equipe. Lopetegui sofre para organizar o time, que vive um jejum surpreendente de gols e se encontra apenas na sétima colocação da La Liga, com apenas uma vitória nos últimos cinco jogos.

O clássico tem caráter decisivo para os Merengues, que com uma derrota, pode perder o seu treinador. Lopetegui balança forte no comando do time e muito se especula que o português José Mourinho pode desembarcar em Madrid nos próximos dias.

Mesmo sem Messi e Cristiano, alguns jogadores podem assumir o protagonismo da partida. Do lado catalão, Luisito Suarez e Coutinho vem em temporadas ascendentes e podem decidir. Do lado madrilenho, Isco e Bale não vivem a melhor fase, mas tem qualidades inquestionáveis.

julio baptista
Julio Baptista foi o herói do último clássico espanhol sem Messi e Cristiano Ronaldo (Foto: Getty Images)

Júlio Baptista decidiu o último clássico sem Messi e Cristiano Ronaldo

O último clássico sem Messi e Cristiano Ronaldo aconteceu em 23 de dezembro de 2007, pela La Liga. E a estrela da noite foi um brasileiro. Jogando no Camp Nou, Júlio Baptista foi o herói do Real Madrid ao marcar e decidir a partida fora de casa para os galácticos, pelo placar mínimo.

– Não posso esquecer. Foi um dia especial para mim, por marcar um gol e ajudar o Real. Lembro que o Barça era favorito, mas nós fizemos um jogo perfeito, não deixando espaço nenhum para que eles atacassem. Saí do Camp Nou muito feliz – contou Júlio, em conversa ao GloboEsporte.com.

Na temporada 2007/2008, o Real acabaria se sagrando campeão espanhol. Prêmio para a equipe treinada por Bernd Schuster e que tinha, além de Júlio, nomes como: Casillas, Pepe, Cannavaro, Sneidjer, Raúl, Robinho, Van Nilstelrooy e Sergio Ramos, o único que continua no elenco merengue.

Desde aquele dia 23 de dezembro, Barcelona e Real se enfrentaram outras 35 vezes, e o clube catalão leva vantagem no confronto: foram 16 vitórias blaugranas, oito empates e 11 triunfos merengues. Messi esteve presente em todas as partidas, marcou 23 gols e deu 14 assistências. Já Cristiano, que chegou à Espanha só em 2009, participou de 30 jogos, somando 18 gols e uma assistência.

Para este domingo, você arriscaria em uma vitória em casa do Barcelona sem sua principal peça ou em um trunfo do Real Madrid, virando sua fase ruim e embalando rumo a uma boa sequência? Acesse o site do BetMais e aposte!

 

Veja mais: Esporte bet apostas | Bet esportivo | Bet esporte

Você também pode gostar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *