Grêmio busca o tricampeonato da Libertadores contra um surpreendente Lanús

libertadores

Chegou o grande dia. Acontece na noite desta quarta-feira, às 21h45, o primeiro jogo da final da Copa Libertadores da América 2017. De um lado, o Grêmio que busca seu tricampeonato no torneio sul-americano mais importante. Do outro, o surpreendente Lanús, “time de bairro” da Argentina, que pela primeira vez alcançou a decisão da competição.

Ao longo do torneio, o Grêmio fez uma campanha consistente. Na fase de grupos, a liderança foi consolidada na última rodada, com vitória sobre Zamora, alcançando 13 pontos, contra 11 do segundo colocado, Guarani-PAR.

No mata-mata, os gaúchos foram avançando com uma certa tranquilidade. Nas oitavas, dois resultados positivos sobre o Godoy Cruz. Em confronto brasileiro contra o Botafogo nas quartas de final, o tricolor segurou os cariocas no Rio de Janeiro e definiu o duelo na volta, em casa. Na semifinal, a derrota por 1 a 0 em casa para o Barcelona-EQU não foi o suficiente para eliminá-los, já que na ida no Equador a larga vantagem de 3 a 0 foi determinante.

A dupla de ataque do Grêmio é o grande destaque da equipe na competição. Com 6 gols, Lucas Barrios vem fazendo um ótimo campeonato, porém a principal estrela é mesmo Luan. Com 7 gols, o atacante está a um da artilharia da Libertadores e com suas atuações no ano, é um dos favoritos a levar o prêmio de melhor jogador do torneio.

acosta
Laurato Acosta é um dos destaques do Lanús na Libertadores (Foto: Divulgação)

Foi de maneira polêmica que o Lanús conseguiu avançar ao mata-mata do torneio sul-americano. A equipe argentina foi líder de seu grupo, com 13 pontos. Porém, a classificação foi facilitada após irregularidades do time da Chapecoense. Na Argentina, os catarinenses venceram o Granate por 2 a 1, mas a escalação irregular de Luiz Otávio deu a vitória por 3 a 0 para o Lanús.

No mata-mata, os argentinos viveram momentos heroicos. Nas oitavas, sofreram para passar do The Strongest com um empate na Bolívia e uma vitória simples em casa. Nas quartas de final contra o San Lorenzo, avanço nos pênaltis, após conseguir buscar os 2 a 0 impostos pelos Azuis Grenás no El Nuevo Gasómetro na ida. Já na semifinal, uma virada histórica em La Fortaleza sobre o River Plate, que vencia no agregado por 3 a 0.

Muito dessa campanha história do Granate se deve aos destaques ofensivos do time: José Sand e Laurato Acosta. Com 37 anos, Sand é um dos maiores ídolos da história do clube e um dos líderes na artilharia da Libertadores deste ano com 8 gols. A maioria destes gols só foram possíveis por conta da habilidade e ótima visão de jogo de Acosta, que inferniza as zagas adversárias com seu futebol e também é um dos favoritos ao prêmio de melhor jogador do campeonato.

São muitos destaques que tornam o duelo de hoje especial. Sem dúvidas uma grande apresentação das equipes é o que a decisão da Libertadores espera. O campeão a gente só conhecerá no jogo da volta, que acontece na próxima quarta-feira (29), às 21h45, na Argentina.

 

Veja mais: Bet esportivo | Esporte net | Bets Brasil

Você também pode gostar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *