Em Pipeline, quatro surfistas brigam pelo título da temporada do Circuito Mundial de Surf

pipeline

O fim da temporada do Circuito Mundial de Surf está chegando. Entre os dias 8 e 20 de dezembro conheceremos o campeão máximo da modalidade no ano de 2017, na última etapa em Pipeline, Havaí. O havaiano John John Florence e o brasileiro Gabriel Medina são os principais favoritos da competição, que ainda tem o sul-africano Jordy Smith e o australiano Julian Wilson com chances de erguer o troféu.

Com os dois torneios ruins feitos em Hossegor e Peniche, Jordy Smith acabou perdendo a liderança do Circuito para Florence. O sul-africano viu ainda Medina ultrapassa-lo, após vencer as duas etapas, e concentrar a luta pelo título entre os campeões do mundo. Não que Jordy não brigue mais, porém necessita de uma combinação improvável de resultados – assim como Julian Wilson.

Atual campeão do mundo, John John Florence manteve uma grande regularidade ao longo da temporada. O defensor do título venceu apenas uma etapa, em Margaret River, no começo do ano, porém alcançou quatro semifinais e três quartas de finais. Seus dois piores resultados foram no Rio e em Fiji, onde caiu na terceira rodada.

Já Gabriel Medina precisou ressurgir das cinzas para chegar à Pipeline com esperanças de conquistar o troféu. Diferente de seu rival, amargou diversos resultados ruins, principalmente nas cinco primeiras etapas. A partir da sexta, em Jeffreys Bay é que melhorou chegando na semifinal. No Taiti ficou com o vice e as vitórias em Hossegor e Peniche nos últimos eventos da WSL, recolocaram surpreendentemente o brasileiro de volta na briga.

Para ser campeão, Medina, com 50.250 pontos, precisa vencer a etapa de Pipeline, sem que Florence, com 53.350, chegue na final. O havaiano garante o título do Circuito apenas chegando na decisão. Existem diversas combinações que podem fazer o brasileiro conquistar seu segundo troféu (veja no final do texto).

O início da Etapa de Pipeline está marcada para começar nesta sexta-feira, com data de término máxima prevista para o dia 20. A previsão das ondas apontam um swell de mais de 3 metros nos próximos dias, prometendo um campeonato com grandes ondas no North Shore de Oahu, Havaí.

Probabilidades de título:

1 John John Florence (HAV) – 53.350 pontos
– Chegando na final, garante o título.
– Ficando em terceiro ou quinto. Medina não pode vencer a etapa.
– Ficando em nono. Medina não pode chegar na final e Smith não pode vencer a etapa.
– Cair na repescagem ou terceira fase. Medina não pode chegar nas quartas, Smith não pode chegar na final, Wilson não pode vencer a etapa.

2 Gabriel Medina (BRA) – 50.250 pontos
– Vencendo a etapa. Florence não pode chegar na final.
– Chegando na final. Florence não pode nas quartas.
– Ficando em terceiro. Florence não pode passar da terceira fase e Smith não pode vencer a etapa.
– Ficando em quinto. Florence não pode passar da terceira fase e Smith não pode chegar na final.

3 Jordy Smith (AFR) – 47.600 pontos
– Vencendo a etapa. Florence não pode chegar nas quartas e Medina não pode chegar na final.
– Chegando na final. Florence não pode passar da terceira fase e Medina não pode chegar na semifinal.

4 Julian Wilson (AUS) – 45.200 pontos
– Vencendo a etapa. Florence não pode passar da terceira fase, Medina não pode chegar nas quartas e Smith não pode chegar na final.

 

Você também pode gostar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *