Resumo da Épica Semifinal Entre Real Madrid e Man City 2022

Jogo digno de uma semifinal de Liga dos Campeões. Duelo aberto, com possibilidades dos dois lados e também com confusão. A primeira chance veio com Benzema, aos 4′. Carvajal cruzou da direita e o artilheiro da atual edição cabeceou por cima.

Primeiro tempo

Aos 8′ um princípio de confusão após os jogadores do Manchester City pedirem cartão amarelo para Casemiro e o juiz negar. No bolo dos atletas, Modric e Laporte foram amarelados.

A partida era lá e cá. Novamente Benzema, aos 11′, apareceu livre e mandou de chapa após passe de Valverde com a bola indo por cima da meta de Ederson. De Bruyne respondeu para os ingleses três minutos depois. Em chute de canhota, num duelo belga, o goleiro Cortouis levou a melhor.

Walker e Vinicius Jr

Courtois voltou a aparecer muito bem aos 19′, depois que Bernardo Silva recebeu passe pela direita da área e finalizou para ótima intervenção do goleiro do Real Madrid. A sorte dos espanhóis foi que o português do City, canhoto, chutou de perna direita.

Aos 22′ foi a vez de Gabriel Jesus aparecer e quase abrir o marcador. O brasileiro acertou bom chute da entrada da área e a bola tirou tinta da quina da trave. O Real Madrid respondeu em cobrança de falta muito perigosa de Kroos, aos 26′.

O jogo deu uma esfriada até o final do primeiro tempo e o 0-0 permaneceu para o intervalo. Foram seis finalizações para cada time, sendo quatro do Manchester City no gol e nenhuma do Real Madrid na meta.

Primeiro tempo sem gols na Espanha

Segundo tempo

Logo no primeiro minuto da segunda etapa, Vinicius Jr perdeu a chance de abrir o placar na melhor chance do Real Madrid na partida até então. O brasileiro finalizou mal de perna esquerda após receber cruzamento de Carvajal.

A posse de bola era parelha nos primeiros 10 minutos (Real Madrid 51% x 49% Man City). Os Merengues ficavam com a bola mais próximo da área dos ingleses, mas não eram efetivos nas finalizações.

Carlo Ancelotti optou pela entrada de Rodrygo, aos 22′, na vaga de Kroos. Mas quem abriu o placar foi o Manchester CIty, aos 27′. Falha de marcação do Real Madrid, que deixou Bernardo Silva – que fazia uma partidaça – completamente livre. Ele avançou, tocou para Gabriel Jesus, que deixou passar, e a bola ficou com o argelino, artilheiro do time ingês na temporada com, agora, 24 gols, que não perdoou. 1-0.

Mahrez comemora o seu gol diante do Real Madrid

O resultado era fruto das finalizações. Até os 33′, o Real Madrid ainda não havia acertado o gol de Ederson, enquanto que o Manchester City já contava com seis finalizações no alvo.

Mas,como sempre falam….É FUTEBOL! E o Real Madrid conseguiu uma virada ESPETACULAR com dois gols de Rodrygo.

O primeiro aos 44′ depois de Benzema escorar para a área ao receber lançamento de Camavinga. O ex-santista antecipou a marcação e mandou para o fundo das redes. E o segundo aos 46′, de cabeça, após cruzamento de Carvajal.

Histórico: Rodrygo se tornou o primeiro jogador da história a fazer dois gols nos acréscimos do segundo tempo em um mata-mata de Liga dos Campeões.

O hat-trick quase veio aos 47′, mas Ederson salvou o Manchester City da eliminação e a partida foi para a prorrogação.

Prorrogação

Na prorrogação, Benzema apareceu. Pênalti para o Real Madrid logo no começo do tempo extra, aos 4′. Goleiro de um lado, bola do outro. Ele fez seu 10º gol no atual mata-mata e igualou o recorde de Cristiano Ronaldo, como os recordistas de tentos em mata-matas em uma única edição.

O Manchester City tentou a reação aos 7′. Grealish completou cruzamento da esquerda, mas mandou por cima do gol. Fernandinho aos 16′ também quase fez, após se esticar todo e mandar a bola para a fora por pouco.

Faltavam 15 minutos para a definição do finalista ou para a disputa das penalidades. Quando possível, o Real Madrid parava e esfriava a partida para segurar o resultado a todo custo. Fechadinho atrás não deu chances para o Manchester City e garantiu mais uma vez sua passagem para a final da Liga dos Campeões, a 17ª em sua história, recordista isolado no quesito. Vai em busca do seu 14ª troféu.

Carlo Ancelotti chega à sua quinta decisão da competição – foi campeão em 2003, 2007 e 2014, e vice em 2005. Vai vencer mais uma? Teremos a resposta no dia 28 de maio, em Paris, na grande decisão entre Real Madrid e Liverpool.


Direto ao ponto

COMO APOSTAR SEM RISCO
COMO APOSTAR SEM RISCO
ERRO DE APOSTADOR ONLINE
ERRO DE APOSTADOR ONLINE
SAIBA O QUE É HANDICAP NO TÊNIS!
SAIBA O QUE É HANDICAP NO TÊNIS!
GRENAL NO BETMAIS!!
GRENAL NO BETMAIS!!

Ganhe o dobro com Betmais

Sabia que você pode ganhar dinheiro de 2 formas com o Betmais? Além de ganhar dinheiro com apostas online você também pode ganhar dinheiro indicando o Betmais em nosso programa exclusivo de afiliados.


Artigos Similares

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.